Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘show’

Só pra você não esquecer que HOJE Bongs e Vangs tocam na (re?) Inauguração do Sukatta Pub, lugar novinho em folha pra shows e baladinhas. O Sukatta fica ali atrás do Café Cancun e a gente adverte: chegue cedo e garanta seu lugar meio às fãs histéricas. A entrada é 10zão e nós nos vemos lá, tá?

Mais?
Vai ouvindo o melhor do cd ano (na humilde opinião da Rolling Stone) bem aqui.
Ou ouvindo os eternos VMB aqui.

Anúncios

Read Full Post »

por Talyta Singer
da Agência Laboratório

O show do Triêro é amanhã! Cd novinho sendo lançado em Cuiabá em um show que promete intervenções teatrais, decoração especial e participações especiais. E a festa fica completa com o Raizera, os Quantik Dj’s, Cia Volta Seca e Lucina Bonfim. E você vai né, fio? As portas do Clube Feminino ficam abertas a partir das 21h, o som começa a rolar às 22h e você se diverte a noite toda por apenas R$5cão ou R$15 já com o cd no bolso.

A produção é coletiva, dividida entre a produtora Carol Barros e o Movimento Panamby, com o super apoio da Volume e a presença do Coletivo Novo (com Padam e Volume Grife) na mini-feirinha. E tem o MIC (Mídias Integradas Cuiabanas) que está trabalhando na divulgação, produzindo uma reportagem coletiva sobre o grupo a ser lançada na próxima semana. Na grande noite, a equipe ainda abre espaço para outros veículos e fãs fazerem perguntas aos moços numa coletiva após o show.

Enquanto você se prepara para as horas de música e alegria, leia a entrevista abaixo feita com o Anthony que fala sobre o disco e o processo de criação do Triêro.

(mais…)

Read Full Post »

por Talyta Singer
da Agência Laboratório

Gurizada, é fim de mês mas a festa é boa! Triêro está em Cuiabá e não está sozinho, na mochila vem o novíssimo 2º cd que ganhou o nome Ópera de uma Vida Seca e mostra canções pra dançar, cantar e batucar junto. Coloque sua saia ou seu chinelinho e junte-se a nós, sábado no Clube Feminino. O ingresso custa R$5cão, mas vale a pena pagar logo R$15 entrar já com o cd na bolsa.

assista ao vídeo de Cururueiro, música do 1º álbum

Eles
Em 2002, Pedro Verano, Cesinha e Diogo Machado cortavam, recortavam e tocavam pedaços de bambu lapidados, até que dois anos depois, Anthony Brito entra na história e surge o Triêro. O grupo junta musicalidades de todos os cantos do país numa vontade de fazer ciranda finalmente materializada em 2006 com o cd “Voz de todas as línguas”. Daí pra frente, uma kombi levou os moços a diferentes cidades para shows e oficinas e os tornou familiares a um público sempre presente (e animado!).

A Ópera
O segundo álbum do grupo foi gravado em Goiânia e está começando a ser distribuído de forma independente e de mão em mão. O nome Ópera de uma vida seca tenta contar um pouco da história do grupo que circula pelo cerrado, cheio de referências às culturas tradicionais e misturam muitos ritmos diferentes. Parceiras na composição e a participação do grupo Vida Seca (GO) em uma das faixas confirmam essa variedade de olhares.

Mais?
Só dando play ali em cima pra ouvir Cururueiro, música do primeiro cd do Triêro. Visitando o www.triero.blogspot.com e indo ao show no sábado. Combinado?

Não esquece!
Oquê? Show de Lançamento do Cd Ópera de Uma Vida Seca do Triêro
Quando?Sábado, 25 de outubro
Quehoras? a partir das 21h
Onde? no Clube Feminino (Sec. Municipal de Cultura, Rua Barão de Melgaço, Centro)
Na dúvida? 3615-8378

Read Full Post »

por Talyta Singer
da Agência Laboratório

Eles dão nó em madeira, costuram goteira, pegam água em peneira e estão na chuva pra se molhar. Ou pelo menos é isso que diz a música ‘Vagamundo’ do cd ‘Voz de todas as línguas‘ lançado pelo Triêro em 2007. A banda, formada por Pedro Verano, César Henrique, Diogo Machado e Anthony Brito viaja numa kombi com seus instrumentos feitos de bambu e suas influências variadas da música brasileira. Levam a arte dos instrumentos de bambu à crianças e se apresentam em Cuiabá nesta sexta-feira, apresentados pelo Parangolé.

A gente ainda vai falar um tanto disso, mas vai se programando pra sexta-feira às 22h estar na Casa Fora do Eixo onde Navegante abre a noite e Triêro faz a festa. Os ingressos custam R$5cão e nós te esperamos lá.

Mais?
Conheça o Triêro
Escute o Triêro
Você sabe o que é Parangolé?

Read Full Post »

Programe-se!

Oquê? Vuer apresenta O Inspetor Geral
Porquê? É sempre bom ver artistas da Universidade
Onde? Auditório do Centro Cultural
Quando? Entra em cartaz hoje, dia 04, às 20h e só sai no dia 27.

Oquê? Show do Macaco Bong
Porquê?
Lê isso aqui
Onde?
Festival de Inverno em Chapada
Quando?
amanhã, dia 05
Quanto?
de graça!

Oquê? Balaio – feira multicultural
Porquê?
é domingo, babe, dia de ir pra feira!
Onde?
Casa Fora do Eixo
Quando?
domingão, dia 06.
Quanto?
free!

e se prepara para o show do Triêro, dia 11, durante o Parangolé na Casa Fora do Eixo!

Read Full Post »

Intervalo!

Clicando no vídeo acima você assiste ao Intervalo #1 e vai descobrir que amanhã, sexta dia 27, tem mais uma edição do Parangolé na Casa Fora do Eixo, desta vez apresentando a banda Navegante. Celso, Diego e João com violão, percussão e guitarra, respectivamente, lembram da psicodelia e da tropicália para criar de forma autoral suas canções com letras cuiabanas, que não são pedantes porque usam a HellCity de cenário e não de inspiração. Na dúvida, você pode tirar suas conclusões ouvindo as músicas que, em casa, os guris gravaram e disponibilizaram no www.myspace.com/bandanavegante.

Vale lembrar que este é o primeiro show (assim oficial) da banda e começa às 22h. A entrada custa R$5 e a Casa Fora do Eixo fica na Rua 1 do Boa Esperança.

ps. a animação acima é a primeira produção do NaPana – núcleo audiovisual do Movimento Panamby que agora também assume a TV Panmaby e demais trabalhos em vídeo. Vocês ainda vão ouvir falar desses guris.

Canta UFMT!

*descaradamente copiado da ASCOM com foto obviamente ilustrativa

Hoje no Teatro da UFMT acontece o Coro Cantorum, apresentação A apresentação que começa às 20h e conta com a participação especial de solistas e convidados dos Coros Cefet, Alma de Gato e Coro do Departamento de Artes da UFMT. André Vilani, que em 2006 cantou na montagem da ópera ´´A Flauta Mágica“ que em 2006 cantou na montagem da com o a poio daCoordenaç no papel do vilão Monostatos, destaca que todos os coros cantarão juntos, formando aproximadamente cem vozes. ´´O repertório eclético e de bom gosto para os amantes da música“, completa o maestro Fabrício Carvalho, coordenador de Cultura da UFMT.

Read Full Post »