Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘fórum’

por Ronaldo AdrianoArtista
do Teatro Experimental (Alta Floresta-MT)


No dia 13 de dezembro serão eleitos em Cuiabá os novos membros do Conselho Estadual de Cultura, o conselho é formado por 10 titulares, sendo cinco escolhidos entre os artistas e produtores culturais e outros cinco que representam o Poder Público, indicados pelo Governo do Estado. Neste ano a eleição dos representantes do setor cultural vem acompanhada de um debate um pouco diferente dos dois últimos pleitos.

Em 2004, mesmo diante de várias manifestações por parte de artistas de cidades do interior quatro dos eleitos eram representantes da capital. E, como conseqüência dos calorosos debates de então o Conselho passou a ter cinco representantes da classe, o que fora um avanço. No pleito seguinte, 2006, motivados ainda pelo calor dos debates do pleito anterior houve uma grande articulação dos membros do Fórum de Políticas Públicas de Cultura (que passou a ser chamado de “fórum do interior”) e todos os conselheiros por parte da sociedade civil foram do interior.

Ainda em 2004 Alta Floresta manifestou-se contrária a permanência de dois fóruns de cultura, sustentada principalmente no notório interesse de reivindicarem pra si o “posto de apontar” as ações “acertadas” para o desenvolvimento de políticas públicas de cultura para Mato Grosso, pois, para nós, esta polaridade não poderia ser benéfica num estado onde as diferenças ou diversidade (tão em voga nos debates) chega a ser imperativa. Mato Grosso é um estado onde boa parte de sua população é formada por pessoas vindas de diferentes regiões brasileiras, o que se configura num grande obstáculo para um Conselho formado apenas por pessoas da capital ou do interior traçar ações de políticas públicas condizentes com as realidades.

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

por Bruno Corrêa
da Agência Laboratório

Eleições, no sábado!

Eleições, no sábado!

Depois de várias reuniões e votações, no Fórum Permanente de Cultura, aconteceu no sábado passado (8/11) a eleição para os delegados. Foi decidido que as pessoas cadastradas para a eleição deveriam votar em uma chapa, com 54 pessoas, e o número de chapas era livre. Só uma chapa foi inscrita, por isso a eleição foi tranqüila. Mais de quatrocentas passaram pelo Clube Feminino, sede da eleição, e não houve discussões durante toda a tarde, nem os eternos contestadores,tiveram forças para contestar. O MIC fez a cobertura das Eleições, então dê uma passadinha no blog e no Flickr, e fique à par de toda situação.

Então, acontece que hoje tem uma Reunião do Fórum, lá no Clube Feminino mesmo para discutir a eleição dos delegados e o processo eleitoral do Conselho. Vale a pena dar uma passada lá, e dar uma conferida nos acontecimentos, em geral.

E pra ‘Num Esquece’, igual ao da Talyta Singer, da Agência Laboratório:
O quê?
Reunião do Fórum Permanente de Cultura.
Onde? No Clube Feminino.

Que horas? Ás 19h.
Quando? Hoje, (11/11)

Read Full Post »

Entre 14 e 15 de junho de 2008 comunicadores reunidos no Rio de Janeiro criaram um documento síntese com as discussões do I Fórum de Mídia Livre. Ações para democratização da comunicação, formação de comunicadores livre, mudanças na legislação, cooperação entre veiculos de comunicação e muitos outros pontos fazem parte do manifesto. Tem gente concordando, tem gente achando exagerado, mas definitivamente, demorou pra acontecer uma discussão com tanta participação e tanta repercussão. O documento síntese taí embaixo. E os comments tão aí pra sua opinião.

Mais? No blog do Fórum tá rolando um mapeamento da Mídia Livre.

(mais…)

Read Full Post »

(foto Volume Comunicação)

Em tempos de escolha do Conselho Municipal de Cultura de Cuiabá o Movimento Panamby tenta fazer parte. Nossos projetos voltados para a produção cultural e para a educação ambiental começam agora a sair do casulo e se espalhar para fora dos muros que cercam a universidade e assim, nos candidatamos e assumimos uma vaga no Conselho Municipal de Cultura.

O Conselho Municipal de Cultura
O Conselho Municipal de Cultura trabalha em conjunto com a Secretaria Municipal de Cultura na aplicação e formatação de um plano de política públicas para a cultura e na aprovação de editais e projetos. O conselho é formado por três entidades da sociedade civil, três representantes do mercado cultural e três nomes indicados pela Secretaria Municipal de Cultura. O Panamby, representado por Flavianny Tiemi, é uma das entidades eleitas pela classe cultural, ao lado da CUFA – Central Única das Favelas e da Federação de Siriri e Cururu. Do mercado cultural, foram eleitos o músico André Lauro, o videomaker Ahmad Jarrah e o ator Jan Moura.

No último mês, a classe cultural se encontrou em reuniões semanais onde o regimento eleitoral foi aprovado, os delegados com direito a voto foram escolhidos e os candidatos apresentaram-se. Ontem, dia 21, aconteceu a votação. A posse acontece nos próximos dias e o trabalho desse conselho se estende até 2009.

Vem mais por aí.

Read Full Post »