Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Manifestos’ Category

Talyta Singer | Agência Laboratório

www.blogdocafil.wordpress.com

Começamos o ano com mais uma oficina do circo de improvisação (ou será Curso de Filosofia) cujo tema muito bem trabalhado ao longo desses inomináveis anos é: “Eu finjo que faço, tu finges que gosta e fingimos que estudamos”. Quem quer marmelada?

Alguma coisa não acontece na Filosofia. É isso que o Centro Acadêmico do curso quer mostrar com um manifesto postado no seu (novíssimo) blog.

Quer ler na íntegra? Clica aqui, jovem.

Anúncios

Read Full Post »

Nos últimos dias ocorre na FAMEV (Faculdade de Agronomia e Medicinina Veterinária) uma movimentação dos estudantes em função do desrespeito a comunidade acadêmica ao promover de modo abrupto e antidemocrático as eleições para o cargo de diretor da faculdade. E ainda, tendo a Congregação da FAMEV violado um acordo historio: “garantia de eleições paritárias”, ao estabelecer a (des)proporção de 70% do peso dos votos para docentes, 15% para discentes e 15% para os técnicos.

Em Assembléia Geral, os estudantes de agronomia decidiram paralisar as atividades acadêmicas por quarenta e oito horas, no dia 13 e 14 de outubro, em protesto à decisão da congregação. Paralisação esta que gerou ofensas pessoais e perseguições a alunos, como amplamente noticiado pela mídia. Como resultado da paralisação os estudantes de agronomia conseguiram um espaço na reunião da congregação do dia 24 de outubro que, em tese, seria para reconsiderar a questão da paridade nessas eleições. No entanto, o pedido dos estudantes, foi descaracterizado pelos membros da Congregação que se mostrou fechada aos argumentos apresentados pelos mesmos, demonstrando ser autoritária e hostil quanto a presença dos alunos na reunião.

Os estudantes de Agronomia se perguntam o porquê dessa proporção nessa eleição “atropelada” e antidemocrática. O cenário apresenta-se como uma forma dos professores de impor o candidato que lhes convém, desqualificando a opinião dos técnicos e estudantes. Cumpre mencionar que assim como os técnicos, os estudantes de agronomia, decidiram em assembléia geral, boicotar as eleições caso ocorram desse modo antidemocrático. Cumpre lembrar a importância que essa atitude dos estudantes de agronomia tem para a comunidade acadêmica como um todo, ainda mais considerando que sua realização ocorre em um ano em que aconteceram eleições para reitoria onde a paridade fora observada.

Em função dessa relevância que o DCE da UFMT motivado pelo Centro Acadêmico de Agronomia, realizou no ultimo dia 24 de outubro uma reunião do Conselho das Entidades de Base, onde compareceram vinte e um centro acadêmicos que retomaram a discussão pela paridade nas eleições acadêmicas e acordaram a elaboração do presente documento exigindo uma postura da Administração Superior da UFMT que nesta data é empossada. Desta feita, prosseguimos aduzindo os fatos e argumentos que embasam nosso posicionamento.

(mais…)

Read Full Post »

I – ATO DE SOLIDARIEDADE A BOLÍVIA – SEXTA FEIRA 19/09
TODO APOIO À RESISTÊNCIA POPULAR BOLIVIANA

flickr.com/hughes_leglise

flickr.com/hughes_leglise

A luta de classes na Bolívia está nas ruas, virou notícia. A mídia comprometida com o imperialismo faz de tudo para esconder o verdadeiro jogo que está sendo disputado nas ruas: de um lado o povo boliviano que aspira e apóia as mudanças em curso, tendo a frente o governo Evo Morales; do outro lado, a burguesia em aliança com as oligarquias latifundiárias e setores fascistas, como a Juventude Cruzenha, querem impedir as mudanças sociais implementadas.

A história do povo, que é em sua maioria indígena, é marcada pela fome e pela miséria frutos da exploração burguesa, associada às multinacionais do gás, por pecuaristas e fazendeiros, os quais detêm o monopólio da terra.

(mais…)

Read Full Post »

Entre 14 e 15 de junho de 2008 comunicadores reunidos no Rio de Janeiro criaram um documento síntese com as discussões do I Fórum de Mídia Livre. Ações para democratização da comunicação, formação de comunicadores livre, mudanças na legislação, cooperação entre veiculos de comunicação e muitos outros pontos fazem parte do manifesto. Tem gente concordando, tem gente achando exagerado, mas definitivamente, demorou pra acontecer uma discussão com tanta participação e tanta repercussão. O documento síntese taí embaixo. E os comments tão aí pra sua opinião.

Mais? No blog do Fórum tá rolando um mapeamento da Mídia Livre.

(mais…)

Read Full Post »

Hoje, a partir das 18h acontece em frente ao Teatro Universitário um ato de manifestação contra a proposta do CONSUNI (Conselho Superior Universitário) de proibir os eventos e alojamentos no espaço físico da UFMT. Com música e outras apresentações artísticas o ato é realizado pelo DCE, UNE, Movimento Panamby, CACOMP, CAENE, CACIS, CADE, CAHIS, DENF, CAMED, CAGEO, CAECO, CAESA, CAEF, CAAU, CAMUS, CACOS, CEMATEGE, CAFIL. Tocam no evento, a sambista Luciana Bonfim e as bandas Venus de Milo, Navegante e Vitrolas Polifônicas. Apareça e traga sua galera, a cerva vai custar só R$1 e o motivo é bom.

Mais?
Assine o manifesto online aqui
Leia o blog do manifesto É PROIBIDO PROIBIR

Read Full Post »

No dia 21 de agosto, última quinta-feira, durante a reunião do Conselho Superior Universitário (Consuni), foi aprovada a criação de uma resolução que deverá regulamentar o uso dos espaços da UFMT para realização de festas, eventos e alojamento. Por “espaços”, entenda-se os saguões, interiores dos prédios e imediações. Por “festas” ou “eventos” entenda-se qualquer reunião de pessoas com atividade musical e comercialização de bebidas.

Em outras palavras, tal regulamentação proíbe o uso daqueles determinados espaços da universidade para festas, eventos e alojamento. Para essas atividades restarão as quadras externas e os estacionamentos. Essa resolução tramita desde 2007 e tanto os representantes dos estudantes no Consuni, quanto coletivos que atuam na UFMT manifestaram oposição. Por quê?

Mais?
Assine o manifesto online aqui
Mais informações sobre o manifesto no www.manifestoproibidoproibir.blogspot.com
Ou continue lendo:

(mais…)

Read Full Post »

chegou por e-mail:

evolução?

evolução?

A FEAB (Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil) e a ABEEF (Associação Brasileira dos Estudantes de Engenharia Florestal) lançam a campanha Brasil Livre dos Transgênicos, em oposição às práticas do CNTBio – Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – que segundo os manifestantes ‘segue a racionalidade do mercado’ legalizando a comercialização de sementes transgênicas sem levantar uma panorama geral de custos e benefícios que a medida traz à sociedade. Quer saber mais sobre o assunto? Baixe o caderno de textos que o grupo preparou (o link taí na sequência) e leia as 10 razões para dizer não aos transgênicos.

Mais?

Baixe o caderno de textos sobre os transgênicos
Leia abaixo as 10 razões para dizer NÂO aos transgênicos
(mais…)

Read Full Post »

Older Posts »